Literatura e propaganda: flashes

João Anzanello Carrascoza

Resumo


Não são poucos os escritores e poetas no Brasil que eventual ou regularmente colocaram seu talento a serviço da publicidade. Desde os primeiros classificados nos meados do século XIX até os dias de hoje, é marcante a participação de nossos literatos na galeria daqueles que criam anúncios, folhetos, spots, jingles, comerciais e todo tipo de peças publicitárias.

Palavras-chave


Anúncios; Propaganda; Planejamento e criação; Literatura; Literatos

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ESPM - Biblioteca Graduação - biblioteca-sp@espm.br - São Paulo - SP