“Precisamos de mais política externa e menos diplomacia”

Luiz Augusto de Castro Neves

Resumo


Castro Neves defende que o Brasil precisa ser mais flexível e apresentar uma política externa comum nas negociações com os grandes blocos econômicos regionais, criando pontes com a força emergente da Ásia-Pacífico. Um caminho é seguir os ensinamentos do modelo chinês. “A China vê os Estados Unidos como seu maior concorrente, mas não faz nada para prejudicar as relações com eles, que também são seus maiores parceiros comerciais.”

Palavras-chave


Economia; Brasil; Acordo comercial; Política comercial; Comércio internacional; Cadeias globais de valor

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ESPM - Biblioteca Graduação - biblioteca-sp@espm.br - São Paulo - SP