Jogo não é brincadeira

Anderson Gracias

Resumo


A indústria de games já movimenta R$ 2 bilhões por ano no Brasil. E poderia movimentar ainda mais senão fossem a falta de investimentos e incentivos para o desenvolvimento desse negócio que fatura anualmente US$ 75 bilhões em todo o mundo.

Palavras-chave


Jogos; Videogames; Qualificação profissional; Negócios

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ESPM - Biblioteca Graduação - biblioteca-sp@espm.br - São Paulo - SP