Todo mundo é criativo

John Howkins

Resumo


O mundo nunca esteve tão aberto à economia criativa, cuja ideia se baseia em uma matriz econômica em que o homem e seu intrínseco potencial criativo são o cerne da geração de valor. Uma substituição aos pilares clássicos da teoria econômica: capital, meios de produção e trabalho. “Muitas empresas estão conscientes da importância da criatividade nos negócios. O embate de criativos versus o ‘terno e gravata’ está ficando cada vez menos comum no meio corporativo.”

Palavras-chave


Economia criativa; Negócios; Empreendedorismo; Oportunidades de emprego

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ESPM - Biblioteca Graduação - biblioteca-sp@espm.br - São Paulo - SP