A virtude (quem diria...) paga bons dividendos

Francisco Gracioso

Resumo


Por que se preocupar com o conteúdo espiritual ou humanístico de nossa filosofia de gestão? As respostas são variadas e vão desde as convicções pessoais dos administradores até a percepção de que a empresa-cidadã pode ser um bom negócio.

Palavras-chave


Administração de empresas; Negócios; Espiritualidade; Crença

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




ESPM - Biblioteca Graduação - biblioteca-sp@espm.br - São Paulo - SP